BALAK: “O ENGANADOR”

Um vórt (“breves palavras de Torá”) sobre o Bamidbar 22:5, parashá Balak 5776.

Música: Rabino Avraham Chachamovits, Nigun DevekutEt-kolecha shamati bagan” (Bereshit 3:10).

tzedakah

DIVRÊI YOÉL – AULA 5

Divrêi Yoél (“Palavras de Joél”) faz parte da nova série de shiurim do Rabino Avraham Chachamovits sobre as profecias do Tanach.

Música: Avraham Chachamovits, Inosculação No. 2 para Violoncelo e Piano.

tzedakah

DIVRÊI YOÉL – AULA 4

Divrêi Yoél (“Palavras de Joél”) faz parte da nova série de shiurim do Rabino Avraham Chachamovits sobre as profecias do Tanach.

Leilui Nishamat/Para elevação da alma de
Mordechai ben Tsvi z”l
16 de Adar, 5737

Profecia de Yoél

Música: Avraham Chachamovits, Inosculação No. 2 para Violoncelo e Piano.

tzedakah

DIVRÊI YOÉL – AULA 3

Divrêi Yoél (“Palavras de Joél”) faz parte da nova série de shiurim do Rabino Avraham Chachamovits sobre as profecias do Tanach.

Música: Avraham Chachamovits, Inosculação No. 2 para Violoncelo e Piano.

tzedakah

YITRÔ: “EDUCADORES CÓSMICOS”

Um vórt (“breves palavras de Torá”) sobre o Shemot 19:6, parashá Yitrô 5775.

Música: Michael Levy tocando um Kinór (“lira do Rei David“).

tzedakah

DIVRÊI YOÉL – AULA 2

Divrêi Yoél (“Palavras de Joél”) faz parte da nova série de shiurim do Rabino Avraham Chachamovits sobre as profecias do Tanach.

Música: Avraham Chachamovits, Inosculação No. 2 para Violoncelo e Piano.

tzedakah

DIVRÊI YOÉL – AULA 1

Divrêi Yoél (“Palavras de Joél”) faz parte da nova série de shiurim do Rabino Avraham Chachamovits sobre as profecias do Tanach.

Música: Avraham Chachamovits, Inosculação No. 2 para Violoncelo e Piano.

tzedakah

VAYIGASH: “PARA PRESERVAR VIDAS”

Um vórt (“breves palavras de Torá”) sobre o Bereshit 45:5, parashá Vayigash 5775.

Música: O cantor Belzer, Reb Y. Damen no casamento Satmar de Reb Aharon Teitelbaum.

tzedakah

BEHAR: “A MÍSTICA DO SHABAT”

Um vórt (“breves palavras de Torá”) sobre o Vayicrá 25:2, parashá Behar 5774.

Nota: este shiur (avançado) da parashá Behar (5768) foi encontrado na parashá Bamidbar 5774 (em 19-05-2014). O Rabino Avraham disse: “Ele estava perdido bamidbar [‘no deserto’], mas sua fagulha brilhou em Iyar e foi assim resgatado, baruch Hashem”.

tzedakah

BECHUCOTAI: “PARTE DA SOLUÇÃO OU DO PROBLEMA”

PALAVRAS CHAVES: A tsedacá/caridade, é necessário porém não suficiente só estudar Torá, a prática das mitsvót (“mandamentos”), alinhamento com D-us depende do cumprimento das mitsvót, se fixar no estudo de Torá sem prática é (quase) como heresia, o problema do acadêmico no Judaísmo, intelectualização arrogante e o auto-sistema de crença, a admoestação desta parashá sobre não cumprir o desejo de D-us, a Torá é nossa “aliança” espiritual com Hashem, o erro do teórico, tikún (“retificação”), a pessoa que anda na Torá ajuda a retificar o mundo, Yesód: o “conector” espiritual entre o mundo físico e o espiritual, Yesód é o justo: a fundação do mundo, a causa do caos no mundo, alinhamento espiritual e as bênçãos, a interrupção da luz e a dor do homem, comportamentos errados: criando caos no mundo, klipót (“forças do mal”), os julgamentos de Íma/Binah, o subjugar da misericórdia, o aumento dos julgamentos aumenta a discórdia entre as pessoas, os atos corretos/mistvót subjugam os julgamentos, o jugo Divino, a escravidão dos desejos, os preconceitos da vida secular, a tsedacá salva da morte, Nôach unificou as luzes das sefirót, trazendo Mashiach, teshuvá (“retorno a D-us”), a tsedacá “adoça” os decretos Divinos, se preocupando com fazer o que é certo, a “doce” Era de Mashiach.

tzedakah

VAYISHLACH: “INTOLERÁVEL TOLERÂNCIA”

Um vórt (“breves palavras de Torá”) sobre o Bereshit 34:1, parashá Vayishlach 5774.

(Música: Coral com o Reb Yermiah Damen cantando Ani Ma’Amin, comemorando o resgate do Rebe de Bélz anterior e seu irmão o Bilgorayer Rov, pai do Rebe de Bétz atual. Eles se salvaram do holocausto nazista e chegaram em segurança em Éretz Israel no ano de 1944).

tzedakah

ACHARÊI MÓT

PALAVRAS CHAVES: O “contínuo da moralidade”: a kedusha (“santidade”) e a tumah (“impureza”), a necessisade de ter fé e de se afastar da tumah, quanto mais tumah menor o da’at (“entendimento”), a injunção de Hashem para o Povo Judeu: Kedoshim Tihiyú (“Sejam santos”), arayót: as expressões sexuais proibidas pela Torá, uniões sexuais não sancionadas implicam em ligação com o lado do Mal, nidah: uma questão _estritamente_ judaica, a gravíssima impureza de todas as relações sexuais proibidas, equivalência aos rituais idólatras de sacrifícios de crianças.

Infelizmente, devido a um falha na técnica na gravação, o shiur termina após 12 minutos intensos. No mesmo tópico, recomenda-se os shiurim: “Relações Sexuais Proibidas“, “Retificações Sexuais” e “Papéis Trocados“.

tzedakah

METSORA

PALAVRAS CHAVES: A fala no grau físico é relativa à fala celestial, malchut, Shechinah (“Presença Divina”), falando palavras de Torá, o exílio da Shechinah, o sêder histalshelut, a fala profana alimenta o lado do Mal, o Rebe Zúsha de Anipóli, cuidado no falar, galút ha-dibúr (“o exílio da fala”), o pidiyón (“resgate”) para a gueulah (“redenção”), os pedidos de clemência, a lei espiritual de midah k’négued midah (“medida por medida”), transgressões da lei de Hashem incorrem nas correções celestiais, a justiça divina é “temperada” pela misericórida divina, não teriamos como sobreviver uma realidade de julgamentos sem este tempero, considerações sobre o livre arbítrio, os “acusadores celestais”, considerações sobre as diferenças dos juízos divinos e a grande severidade do homem, a lashón hará (“maledicência”) cria “divisões”, os clamores do rei David, se preocupando com a gueulah.

Sobre o tópico fundamental da retificação da fala, recomenda-se a série “Shmirát HaLashón“, o vídeo-shiur “A Redenção da Fala” entre outros.

tzedakah