PRÁTICAS PROIBIDAS DO OCULTO

Nesta aula do Projeto Conexões, o Rabino Avraham Chachamovits ilumina o caminho para proteger os incautos dos perigos espirituais que jazem à espreita. De modo mais específico, a aula aborda as várias categorias de proibições expressas das práticas espirituais que apenas e unicamente afastam a pessoa de D-us, e certamente a conectam com as forças do mal. Muitas destas práticas se tornaram recentemente “populares” devido à infecção de conceitos imorais e profanos dos anos 60, quando o movimento “New Age” brotou, encantando a tantos que absolutamente desconheciam (e ainda desconhecem) que tal movimento apenas significa mais uma máscara das forças do mal. A agenda oculta é a degeneração do mundo por completo. O caminhar reto pela Torá dá forças ao homem, rebaixa as coisas negativas e apressa a era do único e verdadeiro Mashiach.

Gravado em 3 de Av 5770 (13/07/2010)

tzedakah

A CABALÁ E A CURA DAS DOENÇAS 1

Uma série singular de shiurim do Rabino Avraham sobre as doenças e a cura na perspectiva mística da Torá.

PALAVRAS CHAVES: A necessidade fundamental de cura/retificação no mundo, o processo aparentemente cíclico de queda e retificação, a “direção” das retificações para a Era Messiânica, cura e doença, a doença é uma “oportunidade espiritual”, parashá Vayigash: a revelação de Yossêf (“José”) e a cura, o direito do médico para ajudar na cura, cura e o inter-envolvimento de aspectos do médico, o cohen: ideal do médico, tsa’arah (Vayicra/Levítico cap. 13) e os olhos do médico, a visão e o poder de chochmah (“sabedoria”), pureza dos cohanim, o paradoxo do cohen-médico lidando com a morte, o limite da vida na Era Messiânica, o Techiyát HaMetím (“Ressurreição dos Mortos”), a morte é um conceito divino, Adam: o homem completo, o álef-dam: o físico imbuído de Hashem, reflexões sobre a função “sacerdotal” de um médico, auxiliando a “passagem”, doenças e o bitúl (“auto-anulação”), o surgir da consciência do corpo, consciência deliberada do corpo e possíveis problemas latentes, a ligação de chochmah e chéssed, o amor e bitúl do médico “injetado” no paciente, os acessórios médicos compensam o enfraquecimento da visão espiritual do médico, a permissão Divina da tecnlogia para auxilar a queda de visão espiritual nas doenças.

tzedakah

A ALEGRIA DE TU BE’AV

De acordo com o Talmud, Tu Be’Av (o dia 15 do mês de Av) foi um dia alegre durante a época do Templo. É um dia especialmente auspicioso para casamentos (ou marcar este compromisso), sendo um dia de amor e felicidade. O shiur do Rabino Avraham elucida esta data judaica.

tzedakah

HISTÓRIAS CABALÍSTICAS 3

Três histórias místicas narradas e comentadas pelo Rabino Avraham, ligadas à festa de Purim. O tema central é como as ações aqui em baixo – no nosso mundo físico – geram respostas espirituais no Alto que reverberam aqui.

tzedakah

CARA, TÔ MEDITANDO – PARTE 2

A continuação do intenso tópico de meditação cashér. Agora, o Rabino Avraham Chachamovits revela a profunda dinâmica da passagem pelo primeiro estágio (klipah) da ascensão espiritual em estrito acordo com as leis espirituais da Torá. Mais uma vez, o Rabino Avraham ilumina o caminho para tantos que se encontram perdidos e afastados de D-us, e que ao voltarem a conhecer o caminho da Torá se retificam e ajudam o mundo a se harmonizar, apressando assim a era Messiânica amém.

Gravado em 18 de Tamuz 5770 (29/06/2010)

tzedakah