8 pensamentos sobre “VAYAKHEL: “CORAÇÃO INSPIRADO”

  1. Essa parasha trata sobre abrir o coração, da necessidade de ter um coração inspirado para o trabalho espiritual.
    O assunto /Lev, coracao, é trazido cinco vezes nessa parasha
    Hashem nos traz a importância do coração.
    ( Todo homem cujo coração inspirou, todos os doadores de coração, toda mulher sabia de coração)

    O mestre nos fala sobre ficarmos ligados sonente a arvore da vida, nos travamos uma grande luta no nosso Mishcan interno. Hashem permitiu uma forca em contraposição a outra.
    Fe não é o que a pessoa fala mas sim aquilo que realizamos, o importante é ter acoes retas e para isso é preciso um coração puro, inspirado e a partir dai se cria uma conexão com Tevuna.

    O recipiente de todos os nossos desejos é o coração e ele precisa estar alinhado com as virtudes de Tora, que são bondade, retidao, humildade e foco em Hashem e isso implica em uma vida de orações e os atos bondosos devem ser o objetivo central da vida da pessoa, dessa forma aumentando a consciência sobre o Divino, promulgando a Kedusha no mundo.
    As acoes positivas sao manchadas pelo orgulho.
    Para lutarmos contra o serpente/mal devemos ter o coração inspirado, focado na generosidade gratuita, sabedoria, no julgamento positivo sobre as pessoas

    Para tudo isso devemos rebaixar o ego e os desejos do corpo que querem nos manchar, essa cura vem atraves do Tikkun Hamidot ( retificação de caráter) , fazendo com que o coraçãoaeja refinado e um recipiente apropriado para Hashem habitar, num coracao doce, humilde, reto, puro, ou seja santificação, esse é o unico caminho do coração doador inspirado.

    Mais uma grandiosa obra que veio para inspirar o meu coração para o caminho correto e que a Torá nos exorta.

    Tudo de bom.

    Thiago

  2. Shalom Rabi Avraham, permita-me fazer um breve comentário sobre a presente aula.
    Nesta aula compreendi que o ponto central, a construção do tabernáculo, onde cada israelita cujo coração o incitasse, pudesse levar sua oferenda para a construção da tenda da reunião, também representa o coração, o órgão principal para o sustento da vida biológica bem como a espiritual. Portanto um coração puro, limpo, deve ser fundamental para a presença Divina. Para esse coração estar nesse estado de recebimento, deve-se ter temor e amor a Hashem, buscar estudar Torá todos os dias, com uma vida de oração, recitar os salmos, fazer atos de bondade, praticar Tzedaka, honrar seu Mestre, enfim, estas atitudes poderão proporcionar um coração limpo e puro para receber a presença Divina. Poder estar apto para a Era Messiânica, que busca a reunir aqueles que estão distantes para a Terra Prometida, uma vida com a Presença de D-us, que assim seja.

    Destaco ainda que, além do aspecto da oferenda individual para a construção do tabernáculo, existe o aspecto da união, da reunião, para essa construção; ou seja, para construção de um coração como explicado anteriormente, o reunir-se é fundamental, pois o meu próximo, através de sua capacitação dada por Hashem, também ajudará no processo dessa construção ou reconstrução do tabernáculo, do coração limpo de cada um e de todos.

    Agradeço ao Rabi Avraham pela oportunidade do estudo e de comentar esta aula importante. Peço perdão por algum erro de entendimento ou expressão neste humilde ntcomeário.

    Shalom e tudo de bom.

    Respeitosamente,
    Robson Cleber Garcia da Silva

  3. Shalom caro Rabino Avraham e amigos estudantes do Beit Arizal,

    Peço a licença de todos para comentar este shiur inspirado com a ajuda dos Céus:

    Nosso caro Mestre, Rabino Avraham menciona 5 versos aonde aparece a palavra Lev(coração) na segunda leitura desta Parashá, e de fato como é trazido no shiur, o propósito do Tabernáculo era inspirar o coração. Busco entender que a retificação do coração, a saber, das suas emoções, é fundamental para a pessoa atingir mais maturidade espiritual. No iluminado livro “Cuidado Sua Alma Pode Estar Em Perigo” (Pág.43) o Rabino Avraham fala que o intelecto sozinho é “frio” e o emocional é “quente”, então quando o coração é preenchido com emoções retas a pessoa é fortemente motivada a agir, e aqui tudo o que importa são as ações, pois estamos no mundo das ações. Por isso entendo que a Torá precisa ser estudada com o coração, não apenas com a mente para que esse estudo não seja um mero exercício intelectual como se a Torá fosse uma disciplina mundana, que D-us não permita.

    Entendo que essa retificação emocional do coração precisa ser buscada com grandes esforços, afinal, como o Mestre ensina muito em suas obras, nosso mundo físico é repleto de ilusões, prazeres e preocupações materiais, desejos rebaixados do corpo, etc.; que podem facilmente enganar as pessoas, preenchendo seus corações não retificados com entendimentos completamente equivocados e perigosos, que só afastam elas ainda mais de D-us, daí o mundo ser tão cheio de severidades.

    Compreendo que a entrega total do coração é tudo o que importa no serviço á D-us, se a pessoa não se entrega assim ela sempre será presa fácil do mal, afinal é “o coração contrito” (Salmo 51) é que importa pra Hashém, por isso o coração precisa entender (tevuná) as verdades da Torá, saber sentir o que é o bem e o mal e poder discerni-los tal como a Torá ensina. Por fim lembro-me de um trecho da obra “Cabalá Twitter”, onde o Mestre fala que é bom chorar antes de rezar a Hashem, pois isso quebra as klipót, assim entendo que preciso buscar um arrependimento completo e inverter meus desejos para ter um novo coração, que D-us permita. Sou grato á D-us e ao Mestre Avraham por permitir bondosamente estudarmos estes assuntos tão sublimes, tudo de bom!

    Respeitosamente, Emerson

  4. Shalom Rabino Avraham e amigos que frequentam este portal santo de Torá. Permita-me fazer um humilde comentário acerca desta aula.

    Após este estudo me veio uma reflexão sobre como sou afortunado de ter chegado até o Rabino Avraham. Certamente, eu sendo uma pessoa das nações, um não judeu, tive uma grande graça concedida por Hashem, mas me pergunto como alguém tão longe do conhecimento verdadeiro do Único e Verdadeiro D-us, tão ligado ao mundo pudesse ter esta oportunidade? E minha resposta com toda honestidade é: sede por se conectar a D-us verdadeiramente, sem as armadilhas das religiões feitas por homens. Somente um desejo de se conectar a D-us de verdade e falando isso para Ele, então vejo que foi do coração que veio este desejo. E na época fiz uma oração pedindo exatamente isso a D-us e depois de um tempo tive a oportunidade de chegar até aqui.

    Certamente hoje entendo que meu coração ainda estava muito incompleto pois o tabernáculo que é nosso coração é construído segundo as instruções detalhadas da Torá, com doações segundo corações inspirados e com muito esforço. E aí penso em quanto aprendi neste repositório de ensino de Torá doado pelo Rabino Avraham a todos que estejam com sede verdadeira do conhecimento de D-us e de nosso propósito e função no processo de retificação do mundo. Entendo também, que através do estudo destas aulas, do trabalho a D-us com ações concretas, segundo as instruções da Torá, atos de bondade, Tzedaká, retificação de caráter etc, é que estaremos consolidando o nosso tabernáculo ligado à Árvore da Vida.

    Temos que estar sempre autoanalisando se realmente estamos caminhando com mudança de atitude conforme o estudo vivo que aqui temos de Torá ou se estamos ainda ligados ao “Egito” nosso antigo modo de viver secularmente.

    De qualquer forma, gostaria de agradecer a Hashem pela oportunidade que recebi e que, graças a D-us ainda tenho, de estar conectado a um verdadeiro Mestre de Torá, aos amigos que ele me proporcionou para caminhar nesta jornada de retificação e a nossa porção da Torá para os não judeus, os Bnei Noach. Que eu possa continuar sempre neste caminho, sem desvios, colaborando em algum nível para a vinda do Único e verdadeiro Mashiach.

    Peço perdão por algum erro de escrita ou entendimento presente neste breve comentário.

    Shalom e tudo de bom.

    Respeitosamente,

    Robson Cleber.

  5. Shalom Rabino Avraham,

    Permita-me mestre reaizar breves comentários sobre o presente shiur.

    A presente aula me remeteu ao shiur “Anjos Caídos” do Projeto Conexões. Neste shiur o Mestre faz um breve comentário do que seria o Nachash, a serpente, que levou Adam à sua queda. A queda de Adam por sua vez o leva a uma restrição de consciência conforme é ensinado no shiur “Expansão Cerebral – Parte 1”. A tarefa que todos nós temos é a de alinharmos nosso coração a Hashém,por meio do estudo da Torá e de atitudes que atestem nossa fé, somente assim conseguiremos restabelecer uma consciência maior do que a que existia antes da queda de Adam.

    Obrigado pela oportunidade em comentar Mestre.

    Tudo de bom!

    Davi Niemann Ottoni

  6. Uma aula magnífica em todos os sentidos. A começar pela música de abertura e pelo inspirador conteúdo que nos exorta a termos um coração inspirado no nosso serviço espiritual.
    Na aula o Mestre conta que a palavra Lev/coração é citada por cinco vezes, e isso nos mostra a importância desse órgão vital tanto para a nossa saúde física e ainda mais espiritual. Através do nosso coração as emoções são processadas e tudo vai depender das escolhas e ações que fazemos em nossas vidas. Que Hashem nos dê forças e inspiração para que busquemos as escolhas certas baseadas em Torá, ou seja, um bom julgamento, tsedaka, ações retas, pois como diz o Rav, fé não é aquilo que proferimos através de palavras e sim nossas ações perante as situações da vida.
    Obrigado por mais uma oportunidade de estudar esse riquíssimo conteúdo de Torá.

    Tudo de bom
    Thiago

  7. Shalom Rabino
    Se for do consentimento do Sr, permia-me a publicação deste comentário.
    Pelos portões de nossa cidadela adentram as luzes do mundo e elas refletem nas terras de Edom. E se Edom se nutre das alegrias da terra, então o caos e a balbúrdia imperam. Há verdades e não há Verdade, porque muitos são os deuses e D’us foi exilado. Então, diz o salmita: “Quem me trará a cidade fortificada? Quem me conduzirá a Edom? Tú, oh D’us, não nos abandonastes e não seguistes com nossas legiões?” (Salmo 60). Mas se Edson se nutre do alto, com um coração inspirado, então as luzes do mundo se unificam. Todo o caos se rende à Verdade e o múltiplo se faz Unidade. Então diz o salmita: “Concede-nos ajuda contra o opressor. Fútil é o auxílio do homem. Através de D’us formaremos um exército e Ele pisará nossos opressores!”(Salomão 60)
    Que Hashem reine e que todas as nações se rendam a Seu Reinado.

  8. Shalom Rabino Avraham e amigos. Peço permissão para expor um breve comentário sobre esta aula.

    Graças a D-us temos em mais este shiur, um aprendizado do quão importante é para todo aquele que ser um agente do Bem, estar disposto a edificar um coração que possa servir de morada para Hashem. O Mestre nos aclara que, o coração do homem precisa estar inspirado para poder realizar seu avodat Hashem, seu trabalho a Hashem, e assim, poder por em prática ações que tragam a Luz Divina para este mundo e elevá-lo espiritualmente, para que saia do patamar egocêntrico secular e materialista que nos rodeia e que quer tragar nosso coração; o centro dos desejos que levam às ações aqui, Mundo de Asiyah.

    Neste contexto, aprendemos o quão necessário se faz a retificação de nosso caráter através do estudo de Torá com um mestre verdadeiro. Isso certamente levará a pessoa à realizar orações – dependência de Hashem e não de seu próprio “braço” – além de tornar seu coração sábio e apto a praticar atos de bondade, julgar tudo para o Bem, resignando e assim se transformando em um recipiente apropriado para receber ainda mais Luz e ajudar a promulgar a retificação do mundo.

    Que possamos todos em algum nível lembrar sempre que, um coração inspirado é necessário para o nosso crescimento espiritual consistente, e assim sendo, nossas ações serão renovadas e retificadas tornando nosso trabalho espiritual eficiente e contribuindo assim para a vinda do único e verdadeiro Mashiach.

    Agradeço ao Sr. Rabino Avraham pela aula e pela oportunidade de expressar este comentário. Peço desculpas por algum erro de escrita ou entendimento.

    Shalom e tudo de bom.

    Respeitosamente,

    Robson Cleber Garcia da Silva

AVISO: COMENTÁRIOS NÃO SERÃO RESPONDIDOS

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s