VAYISHLACH: “FACES DO CAOS”

Um vórt (“breves palavras de Torá”) sobre o Bereshit 32:8, parashá Vayishlach 5775.

tzedakah

4 pensamentos sobre “VAYISHLACH: “FACES DO CAOS”

  1. Peço permissão ao Rabino Avraham e aos amigos, para tecer um humilde comentário acerca dessa Aula tão importante.
    Nesta aula aprendi que, Esav era um agente promotor do caos no mundo em sua estada nesta terra e é um arquétipo do Mal até os dias de hoje. O Mestre, através do estudo das guematriot nos mostra que, Esav durante sua vida trouxe as várias faces do caos, como a violência, assassinato, inveja, cobiça e a arte de enganar. Fato é que, estas faces sempre têm como principal objetivo, acabar com a paz em todos os seguimentos deste mundo, tentando trazer todo tipo de adulteração de comportamento, afim de promover a usurpação das Leis de D-us fechando assim, os canais de bênçãos para o observante e para o mundo.
    Aprendi ainda que, os Patriarcas Ytzchak e Ya’acov e a Matriarca Rachel, como justos e agentes do bem, puderam discernir os intentos nefastos de Esav, demonstrando assim, em meu humilde entendimento, que tinham uma proteção e um entendimento espiritual devido a obediência a Hashem, o que veio a colaborar para saberem como lidar com esse mal que queria sempre destruir a paz e estabelecer o caos no mundo.
    Assim devemos emular os Patriarcas estudados nesta aula, através da observância de nossas Leis Noéticas, dos atos de bondade e da retidão, para saber discernir e lidar com as faces do caos. Pois certamente, nestes dias que antecedem a vinda de Maschia, o caos e os agentes do mal têm se multiplicado, portanto devemos ser firmes e fortes espiritualmente para não sermos enganados, como o Serpente fez com Chava e Adam e Esav agia com seu pai Ytzchak e seu irmão Ya’acov.
    Peço perdão ao Rabino Avraham e aos amigos por algum erro cometido neste comentário.
    Tudo de bom.
    Respeitosamente,
    Robson Cleber Garcia da Silva

  2. Shalom Rabino Avraham e amigos do Beit Arizal
    Quero expressar em breves e simples palavras o que percebi minimamente desta parashá Vayishlach sobretudo referente ao trecho que li na Torá Viva que se encontra em Bereshit 32:25 do passuk que fala da luta de Yacov Avinu com um “estranho”. O que chamou a atenção é que na época em que estava no Xistianismo essa passagem era conhecida pois lá se dizia que esse era sim um anjo, mas que era bom, numa completa distorção das verdades da Torá pois esse era na verdade, como no Rodapé da Torá Viva, SamaKhel, anjo guardião de Essav e isso por si só já denota o caráter não reto desse anjo. O que aprendi através desta Parashá é a completa distorção de valores e isso lamentavelmente até mesmo chegando no maior presente que Hashem deixou para o Povo Santo e para nós das nações(Sete Leis): a Torá; O conceito de bondade distorcido de uma forma profana (Chas V Shalom) onde o que é errado e baixo se torna destacado e verdadeiro e aquilo que é verdadeiro e reto acaba banalizado. Isso também se percebe sobretudo no ambiente das grandes cidades onde somos “bombardeados” de propaganda e informações que deturpam o real conceito de retidão. Hashem nos dê força para avançarmos diante desse quadro que nos é apresentado e assim sermos firmes na busca pela retidão.

    Obrigado querido Mestre, tudo de bom ao Sr e aos amigos que acessam o site Beit Arizal, esse canal de bênçãos e ensinamentos Santos e Verdadeiros.

    Respeitosamente,

    Carlos Henrique

  3. Peço permissão ao Rabino Avraham e aos nobres amigos, para aqui tecer um humilde comentário acerca dessa Aula tão importante.
    Na Porção dessa semana Vayshlach tento, em minha ignorância imaginar como seria a vida e as dinâmicas familiares naqueles antigos remotos tempos, e de como o exemplo de Yaakov ainda me impacta nos dias de hoje de como “vencer” a uma profunda desavença familiar.
    A Torá nos conta que quando Yaakov estava voltando para casa ele vai reencontrar o irmão Essav, a gente não sabe como este vai reagiria devido a volta de Jacó, possivelmente com violência, raiva, rancores enfim este e tantos outros sentimentos que infelizmente tão comuns nos dias de hoje mas nunca no bondoso coração de um Noético. A Torá nos conta que o Essav começa a vir de encontro ao seu irmão com 400 homens juntos com dele e talvez Yaakov não sabia muito bem o que eram todos esses homens, um verdadeiro exército , por outro lado Yaakov viera somente com seus servos , com as mulheres com os filhos, seus animais: com bois, jumentos, ovelhas, escravos e escravas com isso desejou ganhar favor aos olhos de Essav.
    Yaakov, segundo a Torá, ficou amedrontado e aflito mas traçou uma estratégia bem interessante, ele primeiramente manda mensageiros “Malachins” a frente dele e fala para esses mensageiros transmitirem a Essav a seguinte mensagem : “Olha eu morei com labão” E além disso ele fala para os mensageiros levarem também presentes para Essav.
    No meu mínimo entendimento subliminarmente Yaakov talvez diria, o seguinte: Eu já morei com uma pessoa difícil, O labão, este era conhecido como maior Feiticeiro da época, então olha eu passei, por tudo isso “eu aguentei a barra e eu sei lidar bem com a com severidade”, Então a primeira mensagem de Yaakov seria “uma mensagem de força”?
    Na segunda parte da mensagem, quando ele manda presentes seria também uma mensagem de paz? Ou seja uma mensagem de bondade ou seja há um equilibrio de forças aqui no meu limitado entendimento amigos.
    Querendo dizer: estou te dando aqui todos os presentes para você ficar bem meu amado irmão. No final vemos que Essav correu para encontrá-lo e atirou-se em seus ombros” enfim um encontro super emocionante.
    Trazendo para a realidade acabo minimamente introspectando que quando enfrentarmos as situações cotidianadas em nossas vidas, enfim os Essavs diários, nós não sabemos muito bem o que iremos enfrentar, então temos que estar sempre fisica /mentalmente preparados e espiritualmente equilibrados pois este é o ensino que com Yaakov deixa pra mim amigos, enfim a termos o equilibrio em tudo.
    Esse foi meu minimo entendimento
    Tudo de bom
    Respeitosamente a toda a comunidade
    Fabricio Capelletti

AVISO: COMENTÁRIOS NÃO SERÃO RESPONDIDOS

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s