SHMIRÁT HALASHÓN Vol. 1

Shmirát Halashón (“Leis da fala apropriada”) são um conjunto de leis e mandamentos judaicos extremamente importantes, complexos e rigorosos. E todo judeu precisa conhecer e praticar as mitsvót, incluindo as leis da fala apropriada. Agora, em geral estas leis também são aplicáveis aos Bnêi Nôach (“Noéticos”). Veja: a “Arca de Nóe” tinha as dimensões de 300 cúbitos de comprimento, 50 de profundidade e 30 de largura. Em Hebraico, a guemátria (“o valor numérico”) da letra SHIN é 300; NUN tem valor numérico 50 e o LÁMED tem guemátria 30. O SHIN, LÁMED e NUN que se referem a arca de Noé soletram a raiz da palavra em Hebraico LASHÓN (“língua”). Disso aprendemos que os Bnêi Nôach devem aprender as leis da “fala apropriada” chamadas em Hebraico de Shmirát Halashón, significando literalmente “guardando a língua”. Estas leis incluem proibições contra difamação, calúnia, maledicência (Lashón Hará, ou “língua do mal”) e Rechilút (“fofoca e boato”) etc. Note que a palavra em Hebraico para arca é TÁIVAH, que se traduz como “palavra”. Portanto, é muito importante para os Bnêi Nôach aprenderem as leis sobre as “palavras”.

As duas aulas deste título são a introdução deste importante assunto, iluminado agora pelo Rabino Avraham Chachamovits, que traz também aspectos místicos ligados a Shmirát Halashón. Toda a pessoa conectada a Torá e que deseja crescer verdadeiramente em retidão e santidade precisa estudar e cumprir estas leis, se D-us quiser.

tzedakah