NOVA CONSCIÊNCIA

E foi quando Nôach e sua família sairan da Têva/Arca que Hashem então disse: אך-בשר בנפשו דמו לא תאכלו Ach-bassár benafshô damô lo tochelú, “Porém, a carne com sua alma estando com vida e seu sangue, não comereis” (Bereshit 9:4, Nôach). Agora, está escrito também que ותמלא הארץ חמס Vatimale ha-árets hamás, “E a terra estava cheia de violência” (Bereshit 6:11, Bereshit). A guemátria mais o kolel de cada palavra é igual a 884, a mesma de תועבות toevót, “abominações”. Os sábios explicam estas abominações como a corrupção sexual até mesmo dos animais, e também o roubo. E o reshêi tavót/acróstico תהח tem guemátria 413 (e atbash 151). E guemátria 413 é a mesma de חשקה hashka, “desejo” indicando o foco exclusivo desta geração. Mais ainda, o sofêi tavót/letras finais é 151 (que é atbash 413, portanto as guematriót são invertidas, indicando outros sentidos ocultos). E 151 é guemátria de מקטב m’kéteb, “com destruição” e מאכלכם ma’kalechem, “a carne” (em Aramaico, ver Daniel 1:10), todas dicas profundas sobe esta época dramática. De fato, Adam e toda sua geração não era permitido nem de comer carne. Mas, isso era verdade no sentido de abater um animal para ser comido. Os meforshim/comentaristas da Torá ensinam também que, se fosse encontrado um animal morto (Heb. nevilah), este poderia ser comido. Veja, a geração do Mabúl/Dilúvio era abertamente perversa, porque somente procurava prazeres (e a nossa geração atual assim caminha também). Eles comiam de modo natural, pois havia grande abundância de frutas, ervas, raízes, além de outras formas vegetais. Entretanto, sua dieta naturalista incluía algo mais: animais eram comidos vivos. Veja, este era um tempo inimaginável em que convivam bnêi Elokim/anjos caídos, shedim/demônios, gigantes, homens e mulheres (as canaítas como Na’amah a irmã de Tuval-Kayin, descendentes diretos de Cain, eram conhecidas por sua depravação moral e grande tamanho).

Agora, “Nôach estudou Torá” (Ráshi no Bereshit 7:2, citando o Bereshit Rabah 26:1 que afirma que de outro modo, ele não poderia ter sabido quais animais eram destinados a serem permitidos para o Bnêi Israel/Povo Judeu). Portanto, ele conhecia a proibição de comer carne. E mesmo sabendo também as leis de abate ritual da Torá, ele não comia carne, porque a permissão não havia sido dada por Hashem. Entretanto, tão prevalecente era comer seres vivos – nas batalhas ou não – que quando Nôach saiu da Arca, Hashem deu então a permissão de comer carne ao homem, porém a mitsvá negativa de Ever Min Hachai, “Não comer o membro de um animal vivo” precisou ser dada para civilizar o mundo (junto com a proibição de “não matar”), pois Nôach e os seus viram sempre este modo de vida dos incontáveis perversos da geração e isto precisava ser desenraizado completamente das suas psiquês para que uma “nova consciência” fosse então herdada pela humanidade. E incrivelmente, vemos a dica do desenraizar da consciência coletiva destes hábitos violentos na guemátria absoluta do reshêi tavót (אבבדלת) do verso “Porém, a carne com sua alma estando com vida e seu sangue, não comereis” é 439. Este é o mesmo valor numérico da expressão עריצי גוים aritsêi goyim “nações violentas/cruéis” (Ezequiel 30:11). Hoje temos também, “nações violentas”, e seu destino será o mesmo de seus antepassados, tudo de acordo com o Plano Divino, amém.

tzedakah

8 pensamentos sobre “NOVA CONSCIÊNCIA

  1. Amém! B’ezrat Hashem possamos contemplar ainda em nossos dias a vinda do Mashiach para nos elevar a uma nova consciência.

  2. Shalom, boa noite Rabino Avraham,

    Graças a D-us, cada palavra do Sr, tem um profundo significado, assim como o titulo desta aula “Nova Consciência”, que entendo como a que Noach teve após o diluvio e também sobre a permissão de comer carne e suas implicações. Aqui neste tempo, com as revelações deste texto é possível entender que o mundo esta caminhando para que o Criador, novamente interfira com atributos de Severidade, banindo os perversos que causam pecado e sofrimento, impedindo que a presença Divina permaneça proporcionando mais bênçãos reveladas para este plano.

    Obrigado por tudo Mestre, que Hashem abençoe sempre com saúde e paz.
    Edson.

  3. Já entrei no site para desativar assinatura.. porém ainda venho recebendo os email. Solicito a retirada de meu contato de vossa lista de inscritos. Grata. Vanessa Helou

    Vanessa Helou

AVISO: COMENTÁRIOS NÃO SERÃO RESPONDIDOS

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s