DIA À DIA 2

Nesta aula, o Rabino Avraham Chachamovits apresenta um complexo fluxo de consciência abrangendo vários assuntos pertinentes tantos aos Bnei Nôach como aos judeus. Aqui são tratados comportamentos variados de todo o dia, que urgem retificação. É somente através da conscientização dos valores da Torá que todos que buscam se ligar a D-us podem atuar neste mundo de maneira reta e digna. Esta aula, assim como tantas outras, tem este como objetivo central, e que é resumido na ideia de que absolutamente tudo precisa ser feito com propósito (tachlít, em Hebraico), com razão espiritual. E quando a pessoa age com propósito espiritual da Torá, ela se torna partícipe no processo de revelação da luz de no mundo, e no apressar a vinda do único e verdadeiro Mashiach, amém.

tzedakah

9 pensamentos sobre “DIA À DIA 2

  1. Shalom Mestre
    Boa Tarde

    Passei o dia todo refletindo a cerca de mais uma profunda aula do Mestre” Dia a dia 2″, e a medida que ouço todos esses ensinamentos, fico a analisar qual a parte da minha vida precisa ser ainda mais modificada para que eu me torne um ser humano digno e reto.

    Diante de todas as verdades reveladas pelo Mestre, percebo minimamente o quão infantil ainda sou nas minhas atitudes, e do quanto preciso aprender.

    Vivemos em uma espécie de campo minado, cercados por todos os lados do perigo.
    Em todos os lugares nesse mundo secular encontra se dificuldades de seguir um caminho de retidão, o que olhamos, com quem falamos e o que ouvimos são atitudes simples mas que tornam-se complexas no dia a dia de um Noético.

    ” Uma pessoa Temente a D-us precisa estar sempre consciente diante de quem ela se encontra”.

    Essa frase do Mestre tão profunda reflete exatamente a minha realidade, vivo em constante reflexão analisando o que devo ou não fazer, com quem devo ou não falar, evitando essa ou aquela pessoa, em todos os instantes. Andar aqui neste mundo tão hostil a D-us tornou se uma batalha, um verdadeiro combate e ele iniciou se dentro de mim.

    “Aonde não existe um homem, seja um”.

    E essa exortação tão profunda me faz refletir na importância de agir com dignidade, do cuidado que devemos ter para permanecermos conectados a Hashem, porque basta um minuto para que nossas mentes se desviem (D-us nos livre) das Leis de D-us, pois vivemos em uma cultura de valores baixos e materialista.

    Ouvir está aula Mestre ensinou me a ser ainda mais vigilante, a cuidar onde meus pés pisam, a elevar a minha vida invertendo os meus desejos, a oferecer mais que receber, e caminhar em busca de um verdadeiro crescimento espiritual.

    ” Moldar a sua natureza com uma segunda natureza”.

    Essa frase do Mestre me fez analisar todas as minhas ações e percebo mesmo que minimamente o quão longo é o caminho que devo percorrer para aprender a ser um novo Ser.

    Por isso Mestre agradeço mais uma vez por esta aula tão profunda que nos ensina a caminhar nesse mundo de maneira a saber que não estamos de férias, que precisamos trabalhar para nos refinar e nos ligar a aspectos mais elevados de acordo as Leis de D-us.

    Obrigada Mestre
    Tudo de bom.
    Desejo uma linda noite de Paz e Saúde.
    Respeitosamente,

    Wiviane Morgado

  2. Shalom Rav,

    Venho por meio deste breve comentário trazer os meus aprendizados sobre essa aula tão importante.
    Aprendo sobre o cuidado que devemos ter com nossos comportamentos, desde a postura que deve ser sóbria e fugir de comportamentos como o de fazer piada de tudo (algo tão comum no Brasil), como de nossas vestimentas que devem ser sóbrias e até mesmo o cuidado que temos com nossas roupas (essas não devem ser manchadas e jogadas de qualquer jeito). Tudo e como nos portamos é reflexo de nossa alma. Devemos sempre nos atentar com cada detalhe, cada pequena mistva até a maior tem importância.

    Tudo de bom.
    Thiago

  3. Shalom Rabino Avraham e amigos. Peço permissão para postar um comentário a respeito da Aula dia a Dia 2.

    Esta é uma aula onde nos é mostrado pelo Mestre o quanto é importante estarmos atentos aos comportamentos inadequados presentes no dia a dia em meio à sociedade que vivemos.
    Importante não se contaminar com modos de vida pautados na preguiça, conversas fúteis e gargalhadas, no meio de vida informal, na “esperteza” de se conseguir tudo pela lei do mínimo esforço e na falta de recato até no se vestir. Tudo isso cria verdadeiras cascas que impedem a difusão da Luz Divina no mundo e tornam as pessoas frias para desenvolver sua consciência espiritual.

    O modo como agimos, nos comunicamos, nos vestimos e procedemos em meio nossos círculos de convívio social/familiar, trabalho, estudo, etc, deve ser pautado na educação, no respeito, em se vestir com recato e principalmente em cumprir nossos compromissos com zêlo e mais ainda, nossas Mitisvot e atos de bondade que irão difundir a Luz de Hashem em qualquer meio ou lugar, mesmo os mais “escuros”. Agindo assim seremos um agente do Bem no ‘front” de batalhas com o “outro lado”, e poderemos nos retificar e também retificar o mundo que vivemos, apressando a vinda do único e verdadeiro Mashiach, amém.

    Agradeço ao Rabino Avraham por mais esta aula que tem ajudado a moldar o caráter e o modo de vida daqueles que desejam se ligar à Torá e a D-us.

    Tudo de bom.

    Respeitosamente,
    Robson Cleber

  4. Shalom ao Mestre e aos nobres amigos.
    Peço humildemente permissão para a postagem do meu minimo cometário acerca da aula Dia a Dia 2.
    Diante de tantas as verdades reveladas pelo Mestre percebo minimamente que muito tenho que aprender e de quanto me é rico e infinito o caminho da Torá.
    Introspecto nesta maravilhosa aula de que tudo que fazemos devemos ter um propósito, e principalmente, se este proposito for para a gloria de D’us.
    Devo ter uma vida lastreada na Torá, com Kedushá e Emuná agindo sempre com foco ela honra a presença divina no mundo.
    Aprendo que sempre que agir com propósito e comportamentos retificados eu estarei elevando toda a vida e se não agir, eu seria quase como um animal com diferentes caracteristicas.
    A Sitra Achra elas tem as suas artimanhas e tenta sempre nos cercar de perigos por todos os lados, então todo cuidado é pouco.

    Muito Obrigado Mestre
    Respeitosamente
    Fabricio Capelletti

  5. Shalom Mestre Avraham Chachamovits.

    Nesta aula o Mestre pede que todos – principalmente os Judeus e Bnei e Bat Nôach, procurem observar a vida como está sendo utilizada e suas consequências na alma de cada um.

    O “jeitinho brasileiro” tão propagado – e até mesmo, pasmem, aplaudido pela maioria das pessoas, denuncia a perversidade e promiscuidade que norteia nossa sociedade. Infelizmente! Danos seríssimos acoplam na alma da pessoa, alimentando a sitra achra, e dificultando que a luz Divina chegue a pessoa. Práticas ilícitas, que ofendem não somente as Sete Leis de Nôach e suas ramificações mas, ridiculariza e rebaixa a própria alma da pessoas, causando “um buraco no nome de Hashem”, é transgressão irreparável.

    A Kedushá é o nosso meio e objetivo na vida! Não há outro caminho ou sentido! A Kedushá é o próposito da nossa vida!

    Que Hashem permita a cura completa e o susteno pleno ao nosso Rabino.

    Noé Darnel Lopes,
    Salvador-Bahia-Brasil.

AVISO: COMENTÁRIOS NÃO SERÃO RESPONDIDOS

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s