4 pensamentos sobre “ÊKEV 5776

  1. Shalom Mestre
    Boa tarde!

    Graças a D-us por estarmos aqui, por podermos mesmo que minimamente aprender a cerca de assuntos tão profundos e Santo com um Mestre de Torá.

    Obrigada Mestre por nos ensinar a caminhar de acordo com as Leis de D-us (as 7Leis de Noach), por nos fazer desejar ser pessoas melhores dignas e retas pelo céus.

    Tudo de bom.
    Respeitosamente ,

    Wiviane Morgado

  2. Shalom Rabino Avraham,

    Esta aula sobre a parashá Êkev traz um ensinamento vital, pois tentei durante anos fazer as coisas do meu próprio jeito e confiando apenas no meu próprio esforço, mas deu tudo errado e ao mesmo tempo eu sempre sentia que tinha algo errado. Parece-me que pode ter sido a própria Providência Divina agindo ao contrário, me dificultando as coisas para me fazer reavaliar as coisas e as rotas tomadas.

    Hoje percebo o valor de estar ligado a D-us e como o senhor disse na aula, o tremor que alguém deveria sentir ao não ser guiado pela Providência mas pelos astros. Percebo este valor em parte, pois ainda algumas vezes tenho vontade de fazer tudo do meu jeito, caindo no erro de fazer de mim meu próprio deus, um erro já conhecido e comum. Como ensinado no livro “Cuidado! Sua alma pode estar em perigo!”, existe uma cortina que separa a realidade de D-us, e está cortina as vezes é levantada e rapidamente abaixada, como o bater das asas de uma águia sobre seus filhotes, e o conceito fundamental que aprendi nesta seção do livro, é que a única maneira de levantar um pouco a cortina, e recuperar a atenção de D-us é rejeitando o mal com força, sem racionalizações.

    Uma aula que muito me ajudou também foi no dia de tisha be Av, que versava sobre o conceito de destruição para uma posterior reconstrução melhor, pois a própria kelipá que funciona como uma cortina entre o homem e D-us, pode ser definida como o conjunto de todos os hábitos comportamentais, mentais e conceitos errôneos negativos que acumularam-se sobre a pessoa desde o nascimento, e que precisam ser removidos para que se crie um espaço para algo novo e desta vez retificado surgir.

    Desejo saúde e felicidades ao senhor, procurarei ser mais atuante ao longo das semanas.

    Shabat Shalom, Moshe

  3. Pela Graça de D’us!

    Shalom Querido Mestre, Equipe e Alunos!

    Estive estudando o Mestre esses dias com uma dedicação a mais… para ser sincero, se sinto que estou enfraquecendo, ou até mesmo já enfraqueci, já que a vida secular é extremamente hostil, eu lembro da luz do Mestre!
    As meditações que fiz esta semana incluindo a aula “A Armada de Mashiach”, fecharam com mais este vídeo. Essas Santas Palavras tão reveladoras do Mestre tem poder de transformação profunda, e como não lembrar do dia que fiz o primeiro contato com o senhor? Nunca esqueço, aquele dia foi o maior presente de D’us pra mim! A grande oportunidade de mudança de fato!
    Pela Misericórdia Divina encontrei o Mestre, e de coração lhe agradeço por ser suficientemente didático, talvez “amenizando”, reduzindo um pouco a intensidade, de tal forma que os noéticos consigam captar o que lhes/nos cabe.
    Nós somos felizes!
    Que o Mestre seja ricamente abençoado, com saúde, paz, e tudo do melhor sempre, se D’us quiser!
    Tudo de bom para todos!

    Alex

  4. Shalom Rabino Avraham, desejo que estas palavras encontre o Sr, com Paz.

    Ao estudar esta aula reveladora, reflito em algum entendimento sobre o verso citado pelo Rabino Avaham: “cuidado para que você não se esqueça do S-nhor Seu D-us” Devarim 8.11.

    Como ensina o Rabino, isso vai muito além do aspecto de ter cuidado no sentido de não esquecer, mas que se isso acontecer (D-us não permita), a implicação imediata será de adorar deuses estranhos a Torá, e portanto idolatria como o Sr, ensina na aula “anestesia espiritual” desta parashá.

    Compreendo que as severidades para quem se esquecer de D-us, vão além das coisas não darem certo de forma mais grosseira que seria os negócios etc, mas sobre tudo que envolve ligação da pessoa incluindo os pensamentos, fala e ação, pois O Criador é Tudo Ele mesmo, e transborda Misericórdia para este mundo, Graças a D-us.

    O Rabino Avraham em bondade inclui os Noéticos que buscam de fato um caminho de retidão, em união com o povo Santo no sentido de que somente pessoas retas podem também em algum nível causar as bênçãos de Hashem para este plano. São palavras fortalecedoras para o movimento Noético, assim como toda a obra inédita na língua portuguesa, contida neste site, que tanto sustenta a todos, a até os gentios, em generosidade, para que as nações não venham a negar a providência Divina, e sim reconheçam, que tanto judeu como não judeu, esta oportunidade de escolha do bem, é misericordiosamente concebida, e portanto que todos venham até aqui, e busquem com toda força seguir fielmente as Leis da Torá, no seu grau e nível, pois Hashem conhece a limitação de cada um de nós, e permite a todos serem guiados unicamente por Ele, sem intermediários.

    Obrigado Rabino Avraham por trazer estas revelações tão necessárias para que possamos retribuir em alguma medida a bondade do Sr., e se assim contribuir no preparar deste plano para a nova hera, que seja em breve.

    Edson Bertoldo.

AVISO: COMENTÁRIOS NÃO SERÃO RESPONDIDOS

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s