SEJA INFLUENCIADO

E está escrito: דבר אל-אהרן ואמרת אליו בהעלתך את-הנרת אל-מול פני המנורה יאירו שבעת הנרות Dabêr el-Aharón veamárta eláv behaalotechá et-hanerót el-múl penêi hamenorá yairú shivát hanerót, “Fala a Aarão e diz-lhe: Quando acenderes as lâmpadas, faz de modo que as 7 lâmpadas iluminem a lâmpada central do candelabro” (Bamidbar 8:2, ‎Behaalotechá). Veja que a guemátria katán deste verso é 204, sendo este o mesmo valor numérico da palavra tsadik/justo. Agora, qual a ligação do justo/reto com a Menorá/candelabro? O santo Zohar explica: “O tsadik é a vida do universo”. E que, metaforicamente, “Hashem mantém o mundo pela Sua força”, e o tsadik é o representante “da Sua força” (Zohar, Bereshit). É claro que existem muitos diferentes graus e níveis de tsadikim/justos. Cada um tem sua psique particular e capacidade de recebimento das mensagens divinas da Torá e ordenamentos para revelá-las. Mas, de fato, cada um traz “vida” para o mundo, pois o propósito de sua existência é iluminar a realidade no nível que for o seu quinhão. E isso ocorre na medida em que um justo traz para baixo, na realidade material, o chéssed/bondade do “Intelecto Superior” (chamado de Íma/Binah). Ou seja, o real e autêntico entendimento da Torá. Quando esta luz de chéssed de binah/bondade do intelecto – um entendimento intenso e verdadeiro – atinge as pessoas que “podem ser atingidas” (uma vez que algumas são arrogantes e teimosas demais para serem influenciadas), algo profundo ocorre: uma mudança na mentalidade da pessoa. Esta transformação e limpeza lenta e gradual é produto desta luz especial atingir o que é chamado de o Kéter das Midót/caráter, ou seja, o ponto “mais alto” do sistema emocional do indivíduo/caráter e assim, o estágio mais próximo do seu intelecto abstrato. Sim, pois antes que as emoções/sentimentos se manifestem, existe um ponto inicial, por assim dizer, que deriva do entendimento intelectual abstrato que a pessoa faz sobre algum assunto/julgamento na realidade. Logo antes da manifestação emocional, na fase de “transição” entre o intelecto e as emoções, portanto do ponto de máxima influência nas emoções primárias, lá a luz do tsadik atua, deste modo influenciando o desejo e vontade da pessoa. Veja, o desejo não é algo consciente. Uma pessoa não sabe dizer porque gosta mais de chocolate amargo do que do branco. O poder das vontades/desejos da pessoa está “acima” do entendimento, assim como uma coroa (Kéter em Hebraico) que se assenta no topo da cabeça/intelecto. Daí a relação entre afetar o caráter/emoções da pessoa num estágio não consciente, o que muitas vezes leva às transformações dela. Em outras palavras, o justo tem em algum grau, a bênção de influenciar pessoas para que elas amadureçam seus caráteres, e deste modo busquem se retificar e assim se aproximar de Hashem. Mais ainda, de modo geral, o reto pode tanto ajudar uma pessoa no caminho da Torá a se erguer ainda mais, bem como a “ajudar” um rashá/malvado a se rebaixar mais, e “se perder” em sua maldade. De fato, as pessoas que são influenciadas pelo tsadik são aquelas que se encontram em sua “rede espiritual” e as vezes, dependendo do “tamanho espiritual” do justo, até pessoas que não tiveram contato com ele, e até mesmo o mundo todo!

Veja, ‎Behaalotchá et-hanerót, “Quando acenderes as lâmpadas” tem guemátria katán 44, o mesmo valor numérico da palavra להט lahát, “flamejante”. E o reshêi tevót/acróstico de “as 7 lâmpadas iluminem a lâmpada central do candelabro” tem guemátria ordinal 72, que é o valor numérico da palavra chéssed/benevolência. Portanto, temos aqui uma alusão do candelabro ao justo, pois a bondade flamejante/o fogo do tsadik é um brilho que ilumina/influencia o desejo do indivíduo para que esta sua vontade se torne o desejo de Hashem. Todas as vezes que uma pessoa busca influenciar positivamente outra, ou seja, de estrito acordo com as leis e orientações da Torá, ela naquele momento vivencia uma medida do poder do tsadik. Aprenda isso bem.

tzedakah

9 pensamentos sobre “SEJA INFLUENCIADO

  1. Shalom, rabino Avraham,

    Rogo à D-us que “as 7 lâmpadas iluminem a lâmpada central do candelabro” na vida do senhor e tragam mais e mais benevolência para a obra do rabino.

    Gustavo de BH

  2. Shalom Mestre
    Boa Tarde

    Em uma Linda Tarde de um Sol de Outono como o que nos ilumina agora, não poderia deixar de compartilhar com o Mestre o quanto me tocou mais uma vez esse lindo Texto sobre “Seja Influenciado”.

    “O propósito de sua existência é iluminar a realidade no nível que for o seu quinhão”.

    Essa frase fez me meditar nos ensinamentos do Mestre, no quanto nossas vidas psíquicas tem mudado desde que iniciamos os estudos com o Mestre, com um Justo de D-us que tem nos proporcionado aprender o real entendimento da Torá, algo que jamais imaginei.

    “A Luz do Tsadik atua influenciando o desejo é vontade da pessoa”.

    É exatamente isso que tem me ocorrido, minhas ações baseiam -se nos ensinamentos do Mestre, em andar em conformidade com as Leis Divinas (7 Leis), e quando percebo que estou agindo erroneamente, eu mesma me recrimino, me auto-corrigindo.

    ” …O fogo do Tsadik é um brilho que ilumina…”

    Obrigada Mestre por nos influenciar a fazermos as vontades de Hashem, a buscar a correção dia pós dia, mesmo em meio as lutas e barreiras esse desejo de aprender o que é correto, moral e digno só tem aumentado, Graças a D-us que nos concede essa maravilhosa oportunidade de aprendermos com um verdadeiro Tsadik como o Mestre.

    Desejo uma linda tarde ao Mestre.
    Tudo de bom,
    Wiviane Morgado

  3. Um excelente dia ao Mestre, Equipe e Alunos!
    Que eu aprenda isso bem!
    As intensas palavras do Mestre nos ilumina, graças à D’us!
    Nós somos privilegiados! Se nos dias atuais o senhor nos oferece tamanhas alegrias espirituais, eu fico imaginando o que será os dias de Mashiach!
    Muito obrigado, e tudo de bom, sempre!
    Alex

  4. Shalom querido Mestre,

    Graças a D’us. Mais uma vez um grandioso texto. De fato minha casa tem sido positivamente influenciada pelos grandiosos ensinos do sr. que tanto nos fortalece a viver em retidão em meio a involução espiritual humana tão latente.

    Desejo tudo de bom ao Mestre

    Com respeito, sempre

    Carlos Henrique

  5. Shalom Rabino Avraham,

    Graças a D-us pela oportunidade de ouvir essas palavras tão especiais que nos ensina como um Mestre de Torá pode influenciar seus alunos, pessoas próximas e até o mundo inteiro. Reflito sobre o ponto onde o Sr, esclarece como tudo acontece: “Logo antes da manifestação emocional, na fase de “transição” entre o intelecto e as emoções, portanto do ponto de máxima influência nas emoções primárias, lá a luz do tsadik atua”.

    Em minhas limitações busco forças para permitir ser influenciado de fato, entendo que tudo depende do desejo verdadeiro por retificação, algo que as vezes sinto muita dificuldade.

    Obrigado por tudo Mestre.
    Edson Bertoldo

  6. Shalom Rabino Avraham!! Graças a D’us que o senhor tem trazido vida para esse mundo rebaixado, e ajudado várias almas a corrigirem os seus caminhos perante o Eterno de Israel.

  7. Todos os dias agradeço a Hashem pela graça de ter conhecido o trabalho do senhor. O senhor influencia a todos com seus ensinamentos..uma pessoa rara..BARUCH HASHEM

  8. Shalom estimado Mestre Rabino Avraham.

    Que shiur iluminado! É maravilhoso saber que um tsadik pode influenciar o mundo, principalmente as pessoas ao seu redor de modo a alterar o curso natural da vida delas que de outro modo manteriam elas presas em suas limitações racionais e tão falhas. Que Hashém permita que eu esteja sempre conectado ao Sr Mestre Rabino Avraham, para que eu busque em minha limitação ser uma influência positiva neste mundo tão hostil. Que D-us abençoe a todos que estudam estas lições com entendimentos e elevação espiritual. Agradeço à D-us e ao Mestre Avraham por esse shiur, tudo de bom a todos!

    Respeitosamente,
    Emerson.

  9. Agradeço ao Mestre por me influenciar e abrir minha consciência através dos estudos. Hoje Baruch Hashem sinto que consigo ter uma visão menos embaçada sobre a vida e enxergar com mais clareza as forças do mal que nos circundam. Antes de chegar ao site Portais da Cabala, eu de alguma forma sentia essas forças mas achava que eu estava ficando louco, diziam que eu estava paranóico e etc. Jamais vou me esquecer do impacto que sofri ao acessar o site e ouvir o primeiro shiur, ler as primeiras obras. Certamente foi um divisor de águas na minha vida.
    Amo o judaísmo e a Torá, que Hashem e o Mestre continue a me apoiar nessa caminhada de crescimento e retificações.
    Obrigado e que Hashem ilumine o Mestre com saúde, sustento e sabedoria.

    tudo de bom.
    Thiago

AVISO: COMENTÁRIOS NÃO SERÃO RESPONDIDOS

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s