ASSUNTOS INCLUÍDOS NA PROIBIÇÃO DE LASHÓN HARÁ – PARTE 3

3. Referências as mitsvót ou proibições entre o homem e D-us (Chafêts Chaím, Vol. I, 4:1).

Por exemplo:

  • Um indivíduo não pode relatar que uma pessoa violou ou falhou em cumprir uma proibição da Torá ou requerimento. (Exemplo: o fato desta pessoa não estudar Torá ou que ela tem o hábito de mentir. É importante observar que apesar de ser um tipo de fala muito comum e o potencial constrangedor é consideravelmente menor, é considerado lashón hará).
  • Um indivíduo não pode relatar que uma pessoa não é zelosa no cumprimento dos detalhes das mitsvót. (Exemplo: que uma pessoa é avarenta. Ou, que ela não honra o Shabat de modo apropriado*).
  • Um indivíduo não pode relatar que uma pessoa é negligente em cumprir os decretos Rabínicos de acordo com o modo preferido deles serem realizados (Chafêts Chaím, Vol. I, 4:2).

Mesmo se estas coisas são verdadeiras, ainda sim elas são proibidas como lashón hará. Um indivíduo deve assumir que que a pessoa ou falhou inadvertidamente de agir de modo apropriado e não sabia que suas ações eram proibidas ou assumir que a proibição que ele violou foi apenas de um rigor opcional.

Comentário do Rabino Avraham: Sobre a questão de ser avarenta, isso é devido ao fato que toda pessoa que acredita em Hashém e Sua Providência constante deveria dar tsedacá de acordo com suas possibilidades etc., sem temer que este valor doado para uma causa justa  lhe faltará. De fato, é muito pelo contrário. Ela será abençoada por este ato retificador. Sobre o não honrar do Shabat, obviamente, um assunto estritamente judaico. É proibição da Torá e perigo de vida para um não judeu buscar cumprir o Shabat. Sobre o assunto de “rigor opcional”, ou chidurím, existem níveis de cumprimento das mistvót que vão além da halachá (“lei”), como os rigores dos cabalistas, para que possam viver uma vida mais santificada. Raros são os indivíduos que vivem assim, mas alguns rigores e os minhaguim (“costumes da comunidade ou família”) são frequentes no mundo judaico ortodoxo.

* Note que o Shabat is um mandamento exclusivo do Povo de Israel.

tzedakah

Um pensamento sobre “ASSUNTOS INCLUÍDOS NA PROIBIÇÃO DE LASHÓN HARÁ – PARTE 3

  1. Rabino Avraham,

    Muito obrigado por estes ensinamentos.

    São fontes preciosas que confrontam e estimulam a nós a corrigirmos nossos atos e buscar sempre a retificação da fala.

    Obrigado novamente.

    Shalom! Tudo de bom.

    Gustavo de BH

AVISO: COMENTÁRIOS NÃO SERÃO RESPONDIDOS

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s