POR QUE OS BEBÊS CHORAM?

Sobre o papel das mulheres na “agenda oculta”, a saber, a maneira que o mal opera no mundo, é vital para uma mulher perceber que quando ela anda em sua casa ou ainda mais se sai dela com roupas sem modéstia, ela peca e traz multidões a pecar. Além da sua responsabilidade espiritual que dela será cobrada no Yom HaDin/Dia do Juízo, existem outros aspectos importantes a serem revelados, com a ajuda do Céu. Toda falta de tsiniyut/modéstia no vestir, ou seja, toda parte do corpo descoberta e em transgressão da lei equivale ao “esburacar” na alma refletido no próprio corpo físico, assim como um imagem do mal, e que por sua vez esburaca a alma em cima. E sobre isso está escrito: “E fizerdes estátua à imagem de alguma coisa, e fizerdes o que parece mal aos olhos do Eterno, vosso D-us, para irá-Lo” (Devarim 4:25). Este passúk/verso (entre vários outros do Tanach) ensina que elementos severos (guevurót) da raiva celestial vem em resposta às transgressões destas vaidades rebeldes incorrendo assim em maldições, pois a raiva/evrah é amaldiçoada: ארור אפם Arur apam, “Maldita seja a sua raiva” (Bereshit 49:7, Vayechi). Ou seja, exibindo partes proibidas de seu corpo, a pessoa se liga aos anjos destruidores da raiva que são eles mesmos maldições. “Eles se ligam literalmente aos cabelos e unhas das mulheres, pois estes são elementos estranhos/não vitais do corpo, assim como as klipót são forças estranhas” (Shnei Luchot HaBrit, Masechet Pesachim). E incrivelmente, a guemátria de ארור אפם Arur apam é 528, sendo este o mesmo valor numérico de לא תצאו Ló tetsú, “Não sairás [de sua casa]” (Shemot 12:22), expondo as partes descobertas de seu corpo. Veja, isso sempre foi assim, pois imediatamente após se perceberem nus (Bereshit 3:10) e em resposta a indagação de YKVK sobre esta vergonha que agora tomaram consciência, Chava disse: האשה הנחש השיאני ואכל Haisha hanachash hishiani vaochel, “[E disse/vatomer] a mulher: O serpente me enganou e eu comi” (Bereshit 3:13). E o sofêi tevót/letras finais destas quatro palavras é השלי chashli, “criar uma ilusão”, e a guemátria de “me enganou e eu comi”/hishiani vaochel (mais dois do kolel de cada palavra) é 435, a mesma de ha’alot (“as maldições”). E como explicam os mestres, o Nachash/Serpente muito desejou ter relações sexuais com Chava (e assim o fez), quem era completamente santa. Ele criou uma ilusão que ela infelizmente sucumbiu, para assim poder vê-la sem tsiniyut, seu corpo exposto e profanado. E todos os que participaram desta cena dramática foram amaldiçoados, como traz a Torá, ligando o corpo revelado impropriamente às ilusões que levam às maldições. E por isso que os bebês choram assim que nascem, pois a primeira coisa que implica na revelação do nascimento é expor o corpo por inteiro pela primeira vez no mundo físico. E as almas que ocupam as crianças, ainda tão próximas do shamáyim/Céu, entendem bem que isso é algo “Que parece mal aos olhos do Eterno, vosso D-us, para irá-Lo”. Então, elas choram por isso, mas instintivamente as mães fazem o tikún/retificação de cobri-los, assim como YKVK fez no Gan Éden: Vaya’as Hashem Elokim le-Adam ule-ishto kotnot ór vayalbishem, “E o S-nhor D-us fez para o homem e para sua mulher kotnót ór/túnicas de pele e os fez vestir” (Bereshit 3:21). E nossos sábios ensinam: “Depois que Adam e Chava pecaram, YKVK fez kotnót ór [ór escrito com a letra áyin, não mais com álef, que significaria luz] para eles. Ou seja, Adam perdeu a sua “Vestimenta de Luz”, sua cobertura santa, que aliás, o Nachash tinha grande ciúmes. E esta nova cobertura de pele (com a letra áyin) é a pele do Nachash, que deverá ser purificada na duração do mundo. Assim, ervah/nudez (e ervah é um tserúf/anagrama e evrah/raiva) e pritsút/falta de recato no vestir em qualquer nível é uma afronta direta a YKVK, pois a exposição indevida do corpo caído, criado da klipah nogah/da “casca” translúcida, despreza e portanto zomba da queda espiritual humana no Gan Éden que afinal trouxe todas as maldiçoes que assolam os homens até hoje. E eis um grande tikún: é exatamente através da tsiniyut do corpo de carne da klipah nogah que os traços negativos de caráter são subjugados e removidos. E subjugar estes traços da personalidade é o mais importante de tudo, pois isso dá poder para a pessoa crescer em retidão e kedusha/santidade. Ou seja, neste olam ha-shéker/mundo da mentira, tudo é visto ao contrário, pois a única “remoção de vestimentas” que deve ocorrer de fato é a dos maus traços de caráter. E quando a retificação do mundo se completar, o áyin se erguerá ao álef novamente, e a luz ocultada no Éden para o tempo vindouro será novamente revelada pelo verdadeiro Mashiach, muito em breve amém.

 tzedakah

3 pensamentos sobre “POR QUE OS BEBÊS CHORAM?

  1. Shalom Rabino Avraham, permita-me escrever algumas linhas acerca deste texto tão especial.

    Graças a D-us por mais estas revelações profundas que o Sr, nos traz, e assim nos ensina quão permissiva é a falta de recato/tsiniyut, muitos idolatram seus corpos , tais atitudes despertam a Ira do Criador, e também raiva em pessoas que são atacadas através das “aberturas/exposição”, causando então o “esburacar/manchar” da alma e desta forma atraindo grandes consequências físicas e espirituais para este mundo, assim entendo.

    Obrigado Mestre por tamanha bondade, desejo que muitas pessoas tenham acesso a estas verdades, e ao despertarem tornem o mundo um pouco melhor, e desta forma auxiliando o Bnei Israel a preparar este plano para a vinda do Verdadeiro Mashiach.
    Edson Bertoldo

  2. Shalom Rabino avraham, peço humildemente que permita-me escrever um breve comentário a cerca deste shiur tão rico de sabedorias especiais.

    É com grande alegria minha e pela graça de D-us compreender e ter acesso a essa revelação tão profunda por intermédio do senhor, que nos ensina uma grande lição espiritual, em relação ao recato e a modéstia de nossas vestes que nos trás a purificação de nossa alma, e procurando sempre o adoçar dos decretos e dos julgamentos divino.O olam ha-shéker/mundo da mentira, que tudo é visto ao contrário, para nos que é trazido a luz da Torá por intermédio de sua amorosa bondade, Sr Rabino avraham, nos faz compreender e perceber a distorção e a mentira que é coberta esse mundo.

    Desde já agradeço Mestre, por sua gentileza e amor, por ter trazido nessas palavras, lucidez e desejo que muitos possam ler e compreender também e que a benevolência de D-us aprece a vinda do Verdadeiro Mashiach.
    Thiago Araujo

AVISO: COMENTÁRIOS NÃO SERÃO RESPONDIDOS

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s