RESGATANDO AS PERNAS

E está escrito: על-כן לא-יאכלו בני-ישראל את-גיד הנשה Al-ken lo-yochlu venei-Israel et-guid hanasheh, “Portanto os filhos de Israel não comem o tendão encolhido [nervo ciático] que está sobre a juntura da coxa até este dia etc.” (Bereshit 32:33, Vayishlach). Depois de lutar uma noite inteira com o anjo de seu irmão Essáv, e este, vendo que o amanhecer chegava (e ele perderia sua força) e que não venceria Ya’acov, então o anjo deslocou o nervo ciático do patriarca. Agora, o Povo Judeu é proibido pela Torá de comer este nervo de um animal casher, pois misticamente significa a força do mal que deve ser subjugada. De fato, explica o santo Zohar que, “Se a força não tivesse faltado a Ya’acov neste único ponto de seu corpo, ele então teria derrubado o anjo do mal em baixo e em cima” (170b, Vayishlach). Em seguida, continua o mesmo trecho do Zohar perguntando e explicando: “Qual a diferença da profecia de Moshé e a dos outros profetas? Moshé olhava profeticamente como em um espelho límpido, enquanto todos os outros profetas profetizaram como se olhando através de um espelho turvo. Somente ele entendeu a profecia por completo e de modo erguido, fortificado. Mas, todos os outros profetas caiam no chão e se enfraqueciam, porque eles não podiam entender a profecia claramente. E porque isso? כי נגע בכף-ירך יעקב בגיד הנשה Ki naga bechaf-yerech Ya’akov beguid hanasheh, ‘pois [o anjo] tocou na juntura da coxa de Jacob, no tendão encolhido’ [o final do verso em Bereshit 32:33]. E assim Ya’acov ficou machucado e todos os profetas, salvo Moshé, foram limitados em sua conceituação e compreensão”. A relação entre o machucado na coxa do patriarca e o “defeito” na profecia de todos os profetas depois de Moshé, não é revelada pelo Zohar. A razão é a seguinte. Moshé era diferente, porque ele foi elegido por Hashem para que fosse o Mashiach, e o mundo então teria terminado sua retificação, se o povo não tivesse pecado com o bezerro de ouro (um assunto para outra oportunidade, se D-us quiser). Veja, Moshé falava com Hashem diretamente, como um amigo fala com outro. Este grau foi unicamente atingido por ele. Mesmo os patriarcas, e antes deles, mesmo Nôach e mesmo Adam não tiveram tamanho mérito. Ele não somente tinha este grau de profecia perfeito, mas seu entendimento da mensagem Divina era igualmente incomparável. No entanto, após o pecado do povo, aspectos que haviam sido completamente retificados se romperam novamente, assim como uma ferida que antes de ter curado e secado por completo, se abre devido a algum movimento brusco. A origem espiritual da profecia, ou seja, o grau nas sefirót de onde provém a inspiração Divina enquanto ela existia no mundo (ou seja, até a destruição do Segundo Templo em Jerusalém), é das sefirót de Nêtsach e Hód. Estes canais Divinos de iluminação dos mundos são chamados de as “pernas”, e de fato quando falamos destas luzes, elas estão sempre juntas, como as duas pernas do homem que necessitam uma da outra. Quando o anjo do mal tocou e machucou a coxa de Ya’acov, ele assim o fez propositalmente, porque como Ya’acov representa cosmicamente a Ets Chayim/Árvore da Vida (as Sefirót). E então feri-lo na perna foi a ação como das presas de um leão feroz que ataca por debaixo para imobilizar a presa nas suas pernas, significando espiritualmente o bloquear de um nível das sefirót associadas às “pernas”: Nêtsach e Hód. Portanto, salvo a profecia de Moshé que era totalmente clara, estando acima de qualquer impedimento espiritual, porque ele foi especialmente escolhido por Hashem, todos os outros graus de profecia que vieram depois foram menos claros. Até mesmo a profecia de Yehoshúa/Josué, o discípulo de Moshé que finalmente levou o Povo de Israel a cruzar o Jordão e chegar até a Terra Santa prometida, bem como todos os outros grandes profetas que vieram depois, todos tiveram acesso à “perna machucada”. Mas, com a vinda do Terceiro Templo Sagrado, então será o tempo do verdadeiro Mashiach, que será “O pastor que resgata as duas pernas da boca do leão… então assim também será resgatado o Povo de Israel” (Amós 3:12) e a profecia proliferará na terra novamente, amém.

tzedakah

3 pensamentos sobre “RESGATANDO AS PERNAS

  1. Shalom Rabino Avraham,

    Que D-us permita, em breve o povo Santos ser resgatado com a vinda do Único e Verdadeiro Mashiach, quando o mal será expurgado da terra e as pessoas das nações que estiverem alinhadas com a Torá/Leis (sete Leis de Noach) e forem permitidas de segurarem nas “franjas” das vestes dos justos do bnei Israel, para serem redimidas dos pecados cometidos neste mundo.

    Obrigado Mestre, que Hashem conceda saúde e paz ao Sr. sempre.
    Edson Bertoldo

AVISO: COMENTÁRIOS NÃO SERÃO RESPONDIDOS

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s