OR HOZER – CABALÁ E PSICOLOGIA 1

Pela primeira vez em língua Portuguesa, o curso OR HOZER – A Luz Refletida (Cabalá & Psicologia) do Rabino Avraham Chachamovits (baseada na obra do Rabino Yitzchak Ginsburgh) representa sem dúvida uma aquisição fundamental para todos que buscam crescimento espiritual de acordo com a Torá! Através de aulas com um conteúdo extremamente abrangente e profundo, a Psicologia da Torá (com o enfoque místico da Cabalá e Chassidut) é revelada passo a passo. Baseado nos ensinamentos dos grandes mestres místicos como o Ba’al Shem Tov entre outros, este curso traz miríades de insights sobre como encontrar um caminho de compreensão, crescimento, e cura psicológica se D’us quiser. E assim como está escrito, O Sagrado, abençoado seja Ele, não encontrou um recipiente que poderia conter as bênçãos para Israel com exceção da paz (Talmud, Tratado de Uktzin). Portanto, a busca de um caminho de equilíbrio psicológico, da paz interior em um mundo tão confuso, é uma tarefa vital e que não pode ser postergada! Certamente com muitas surpresas positivas, o ouvinte receberá neste extenso curso uma grande dose de força e vigor espirituais para ajudá-lo a se retificar, tornando-o também um parceiro de D’us – um verdadeiro agente do Tikun HaOlam (a retificação do mundo) e desta maneira apressando a vinda do verdadeiro Mashiach, e que isso seja assim muito em breve em nossos dias amém.

tzedakah

10 pensamentos sobre “OR HOZER – CABALÁ E PSICOLOGIA 1

  1. Shalom rabino Avraham, peço permissão do Sr. para expor pequeno comentário sobre esta aula,

    Graças a D-us pela oportunidade de estudar juntamente com o grupo este curso que certamente traz Luz, “Luzcidez” a pessoa. Que D-us permita ajudar no preparar deste mundo para a vinda do único e verdadeiro Mashiach. Desejo que seja em breve e que estejamos preparados.

    O Mestre traz conceitos que nos envolvem intrinsecamente, nos ensina que temos uma fagulha Divina em nós e que ela é representada em algum nível a Luz resplandecente. Entendo minimamente que ao recebermos constantemente esta Luz infinita, e que ao nos envolvermos/retificarmos, ao ser refletida ela leva com sigo nossa “identidade” espiritual, quem somos, o que fizemos, o que pensamos etc. Então, tudo que aprendo com o Mestre passa a ter um outro nível de entendimento, pois compreendo que um recipiente não retificado refletirá sua essência não retificada. Já um recipiente que caminha sob as Leis de Hashem refletirá a consciência sobre o Criador, e justamente esta essência permitirá a aproximação dEle, e assim o Criador em Sua inesgotável Misericórdia outorga que bênçãos sejam então reveladas neste mundo.

    Obrigado rabino Avraham pela oportunidade única de estudar palavras profundas de Torá, sob a Luz do Sr.

    Edson Bertoldo

  2. SHALOM ESTIMADO RABINO AVRAHAM E AMIGOS DO BEIT ARIZAL:

    Peço a licença do Rabino Avraham e dos amigos para comentar brevemente sobre o shiur 1 da série Ór Hozer:

    Neste shiur busco internalizar a importância de me esvaziar de todo o orgulho para que eu não fique cego e venha enxergar o aspecto Divino que há em mim, pois através da minha alma que é a vela de D-us em meu ser, entendo que poderei me retificar conseguindo ver com mais nitidez minhas deficiências de caráter e desequilíbrios psicológicos que tornam minha vida caótica e desalinhada espiritualmente, que D-us me permita forças para isso.

    Entendo que a terapia cabalística é algo que transcende por completo o racional tão limitado do homem, e assim o processo de cura psicológica não é algo meramente intelectual e frio, mas sim através do conhecimento de D-us e o cultivar da fé n’Ele pela prática das mitsvót e ações sempre retas e dignas entendo que o homem conseguirá com grandes esforços a saúde psicológica necessária para caminhar segundo o desejo Divino, que D-us permita. Agradeço á D-us e ao Rabino Avraham por essa rica oportunidade, Shalom e tudo de bom á todos.

    Respeitosamente, Emerson

  3. Shalom Rabino Avraham e aos demais Srs., desde já muito grato pela oportunidade, eu peço permissão para postar breve comentário.

    Aula 1:
    O Rabino nos ensina, graças à D’us, nesse Shiur algo extraordinário; que a partir do ano de 1840 tem inicio no mundo a publicação da maior parte dos livros sobre Chassidismo na Europa, e que isso corresponde segundo o Rabino à profecia sobre o rompimento dos portões de sabedoria encima. Em toda a obra do Mestre é-nos ensinado que “o que está encima é como o que está embaixo”, então, também em 1840 o conhecimento mundano e secular sobre a mente humana começou a se expandir intensamente. Sobre esses assuntos, vale destacar a raridade e a excepcionalidade desse curso, pois até pouco menos de 200 anos nunca houve de modo acessível algo como uma psicologia no mundo ocidental. De fato, nos séculos anteriores, prevaleceu o ocultamento e o desinteresse sobre assuntos de psicologia, mais raro ainda sobre os assuntos ligados à Cabalá e psicologia mística, que segundo o Rabino consiste na intimidade superior do pensamento Divino. Ao contrário do que se possa pensar, esse presente curso de psicologia mística não se restringe à cura de doenças psíquicas nos parâmetros seculares, mas sim o encontro vivo e intenso com as verdadeiras metáforas e sentidos da alma humana segundo a Torá, e o supremo Desejo do Criador para retificação do mundo. Todas as psicologias mundanas são projetos e sonhos das nações para o que essas mesmas nações consideram como esperado e desejado, assim milhares de pessoas estão presas e perplexas nessas luzes escuras, que não refletem com pureza os propósitos para a saúde e vida psíquica que o Criador determina. Que Hashem permita acordarmos com ajuda desse generoso curso.

    Tudo de Bom!

    Carlos Bengio.

  4. Shalom Mestre Rabino Avraham Chachamovits e amigos do Renong

    Venho deixar meu simples entendimento a respeito desta primeira aula da série OR HOZER – CABALÁ E PSICOLOGIA

    O fermento citado na aula em uma referência a Pessach representa o ego das pessoas pois como o efeito do fermento nos pães e bolos é faze—los crescer e inchar, assim minimamente entendi que esse é o efeito do ego nas pessoas, inchá-las e inflá-las em sua arrogância Em viver suas vidas “da sua maneira”. Devemos também como pais passar pra nossos filhos esse princípio de rebaixar o ego. “A Alma do homem é a lâmpada de D’us”, Esse passuk de Mishlei (Provérbios) me trouxe ao que verdadeiramente é o temor a D’us e suas lei e viver uma vida de Torá e Sete Leis de maneira correta e alinhada, diria minimamente, “chamando para nós” essa grande responsabilidade que é ser a “lâmpada de D’us” no mundo. As palavras ditas nesta maravilhosa aula me fortalecem no meio de tantas adversidades e ações contrárias a Torá e me ensinam a caminhar nesse mundo refletindo de fato essa lâmpada de Hashem que sou alheio a uma vida mundana e física de não ser envolto pelo “fermento” da arrogância que cresce a cada dia na humanidade distante de D’us e suas leis. Outro ponto da aula que me chamou a atenção e me tocou relendo o texto foi quando li o verso de Bereshit 7.1 que cita sobre o romper das fontes do grande abismo e as janelas dos céus se abriram” e em meu mínimo entendimento da explicação do Mestre citando a interpretação do Zohar sobre esse passuk, percebo que preciso “ativar” essa busca interior de trabalhar os aspectos da alma mesmo em um mundo tão propício ao oposto disso. Esse ponto me chamou a atenção pois me trouxe a idéia de vivificar mais os aspectos espirituais da vida e minimizar as questões materiais e preocupações com o cotidiano que me afastam da Luz Verdadeira.

    Agradeço ao Mestre pela oportunidade de estudar esta grandiosa série.

    Tudo de bom Sempre

    Carlos Henrique

  5. Or Hozer 1

    Shalom Mestre,
    Venho por meio deste resumo trazer meu comentário sobre essa magnifica obra de Torá de nome Or Hozer realizada pelo Rabino Avraham Chachamovits para todos que buscam crescer em espirito e se tornar um ser mais sensível.
    O curso é um dos mais completos e importantes os quais já participei, é impossível eu continuar sendo o mesmo homem após cuidadosamente estudar as 11 aulas que compõem essa série.

    Por se tratar de uma aula extremamente profunda, o aluno terá que se atentar aos mínimos detalhes trazidos durante este áudio, que é repleta de ensinamentos vitais do judaísmo. O Mestre comenta que as letras em hebraico vitalizam e corroboram a Criação. Cada coisa que é criada e recriada tem sua permutação de letras em hebraico.

    Hashem consegue vitalizar a Criação através dessa combinação de letras. Cada letra tem um valor número, cada coisa tem um valor numérico e suas combinações formam tetragramas e miríades de criações infinitas.
    O Mestre ensina que Or Hozer tem um significado de “Luz refletida”, existe todo um processo cósmico de reflexo da alma que recebe Luz do Alto, reluz e volta ao Criador.
    A ideia dessa série Or Hozer é conectar a pessoa de forma mais direta com a frequência Divina, exortando o aluno a se desligar de esferas materiais para aspectos mais elevados, sensíveis ao ambiente que fogem do aspecto palpável. O curso Or Hozer estimulará o aluno a se sensibilizar e compreender que somos muito mais que meros seres físicos, ensinando ferramentas espirituais para lidar com questões que afligem a todos como ansiedade, nervosismo e suas ramificações e consequências espirituais.

    Atenciosamente
    Thiago

  6. Shalom Rabino Avraham. Peço permissão ao Sr., para fazer um breve comentário sobre a aula Or hozer – Cabala e Psicologia 01.

    O que chamou muita atenção nesta aula foi a parte em que o Rabino Avraham cita, como são limitados nossos sentidos para a percepção do mundo a nossa volta e por extensão para entender a verdade por trás das realidades vividas.

    Realmente tentamos racionalizar muito as coisas ao nosso redor, mas mal podemos perceber que, somente quando permitimos que as palavras de Torá desçam para o coração e passem a refletir em nossas ações, é que conseguimos voltar à Origem de nós mesmos que é Hashem, e assim, ter a possibilidade de espelhar a luz que nos é cedida pelos canais de bênçãos e iluminação como é o Rabino Avraham em nossas vidas.

    Este é o breve entendimento dentro de minha limitação e pequenez desta aula extremamente profunda.
    .
    Agradeço ao Rabino Avraham por esta oportunidade única de aprender sobre Torá e assim poder retificar minha vida e colaborar para a retificação do mundo em que vivemos se D-us quiser.

    Tudo de bom sempre.

    Respeitosamente,
    Robson Cleber Garcia da Silva

  7. Com a permissão do Rabino, gostaria de registrar um pouco do que consegui captar deste primeiro shiur da série Or Hozer.

    Fiquei emocionado porque o Rabino nos faz uma exposição em tons poéticos, muito bonita mesmo para explicar o significado de Or Hozer. Se minimamente entendi, recebemos de D´us uma luz, que é a nossa alma, a qual devemos, a partir deste mundo inferior, fazer retornar ao Criador, enfrentando os obstáculos inúmeros que empurram na direção oposta e querem sufocar e impedir a expressão de nossa alma. O quanto permitimos e a forma como permitimos este retorno da Luz, da Alma à D´us, é a nossa personalidade.

    Or Hozer, portanto, nos mostra como trabalhar a nossa dinâmica psicológica, sob os ensinamentos da Cabalá, para retificar a nossa personalidade de sorte a lograr o retorno ao Criador. Se sobrepomos nosso ego escravizando nossa alma, ocultamos a luz do criador. Se colocamos de lado o nosso egocentrismo e submetemos o nosso ego à alma, então damos vazão à luz de D´us e ela pode retornar ao Criador.

    É uma introdução que nos coloca de frente com o fato de que todos nós que quisermos avançar no contato mais íntimo e intenso com Hashem não podemos esperar resultados se não nos dispusermos a remodelar as nossas próprias personalidade, porque não é D´us que se distancia de nós, mas nós que nos distanciamos d´Ele, a partir da forma que definimos nosso ser no mundo.

    Só este shiur já nos oferece um vasto material para reflexão e, no entanto, ele é apenas uma introdução e um anúncio do quanto será dito e revelado. Lindas e maravilhosas lições as quais espero conseguir, com a graça de D´us, colocar em prática na minha vida, remodelando a cada dia minha personalidade, para que, no amanhã, se D´us assim permitir, possa conseguir caminhar, um pouco que seja, em direção a D´us, devolvendo a Ele ao menos um mínimo do muito que Ele me deu.

    Sou imensamente grato por estes ensinamentos do senhor, Rabino Avraham, e espero poder estar a altura deles. Que D´us assim permita.

    Shalom

  8. Peço a licença do Mestre e da comunidade para expressar um humilde comentário de meu limitado entendimento acerca da aula “OR HOZER” Cabalá e Psicologia 1.

    Como todas as aulas de nosso amado Mestre, iluminada e cheias de revelações e inspiração divina que impactam diretamente pessoas comuns como eu para que aprendam e vivam em mais harmonia e santidade perante minha comunidade e a este mundo e acima de tudo com Hashém.
    Nesta aula fiquei maravilhado pois o Mestre me ensina que tudo pode ser criado e recriado através do tetragrama sagrado e através do seu nome em Hebraico e como os efeitos particulares deste podem advir através dessas mudancas, sendo que o mais elevado de todos são os níveis das doze permutações do nome de D’us YKVK.
    Fico impactado quando o Rabino traz profundas revelacões acerca do mundo da música e das implicacões cabalísticas que os instrumentos (violino e harpa) etc.. podem causar nas profundezas da alma através de seus sons e notas e de como nos acalmam assim como acalmava ao rei Davi.
    Fico perplexo diante do fato de como a alma do homem é como uma vela para D-us e esta por sua vez por D-us acesa, e , esta luz, uma vez retificada, por assim dizer esta sempre em constante busca das partes intimas e internas de nossa casa. Eu minimamente entendo essa casa ser o meu corpo, que a luz encontre nessa busca interna qualquer tipo de fermento de orgulho, arrogância ou preguiça que causa o meu distanciamento para com as coisas santas, com minha comunidade meu Mestre e para com D-us. Que D-us nao permita. Internalizo que devo me esforcar mais e permitir que a luz de D-us, essa chama que arde dentro de mim possa encontrar um templo digno de morada pois esta OR HOZER ela é refletida aos ceus e que possa diante de Hashém encontrar um minimo contentamento com esta pobre alma que tanto necessita de auxilio divino.
    Peço desculpas pelo meus eventuais erros e espero minimamente ter colaborado e que eu consiga melhorar com a ajuda dos céus, do amado Mestre e amigos da comunidade.
    Tudo de bom
    Fabricio A Capelletti

  9. Francisco Fernando, 04 de maio
    Shalom Rabino Avraham e amigos da comunidade, boa noite ,

    Nesse shiur ( aula ), o Rav ensina sobre o assunto Or Hozer 1, a primeira aula de um curso extraordinário sobre Cabalá e Psicologia.

    Gostaria de fazer um breve e humilde comentário acerca da aula acima.
    Baseado nos ensinamentos dos grandes mestres místicos como Baál Shem Tov, o curso revela que as Palavras Santas da Torá, o Hebraico, são o verdadeiro dna do universo, conforme no Sefer Yietsirá, a posição e troca das letras hebraicas vão criando e recriando nomes e vitalizando a criação constantemente. Eu imagino para poder colocar de forma mais fácil de entender, como Hashem e todos seus anjos na corte celestial controlando através de uma grande matriz ( lembra bem o filme matrix ), cada nome em sua essência Divina, criando e recriando a realidade momentânea.

    E’ explicado que Or Hozer significa Luz refletida, existe uma Luz originada diretamente de D-us que dá vida, estimula a realidade, e essa Luz desce através dos mundos superiores ate chegar à nossa realidade, nosso mundo de Malchut, mas a luz chega ao nosso mundo numa proporção mínima. Então precisamos dimensionar essa Luz, sendo a fala, pensamento e ação retificadas, positivas, que vão proporcionar um aumento significativo dessa Luz, ajudando assim na evolução espiritual da humanidade.

    A gente aprendeu que a Torá é um grande nome de Hashem, e se ocorrer uma ausência de apenas uma Letra Hebraica Santa, torna o livro santo inválido. O ser humano foi idealizado à semelhança com Hashem, então eu penso que somos formados de letras Hebraicas que cria a realidade de toda a engenharia do corpo humano. Penso, devido aos estudos ensinados pelo nosso mestre, que há uma intrínseca relação para cada tipo de transgressão da Lei Divina versus para cada doença adquirida. Isso é válido para o Bnei Israel que obedecem as 613 Leis Divinas da Torá e certamente em menor grau para o Bnei Noach, visto que os Bnei Noach não estão sob jugo Divino.

    Agradeço ao Rabino Avraham este curso especial, acrescentada ao nosso conhecimento, sob a forma de 11 aulas de grande significado ao nosso crescimento.
    Tudo de bom,

    Francisco Sousa

  10. OR HOZER – CABALÁ E PSICOLOGIA 1
    Boa noite Sr. Rabino Avranham, gostaria de expressar em algumas palavras um breve comentário sobre esta aula.
    No início desta aula o mestre ensina algo muito interessante a respeito de um instrumento musical muito utilizado nos nossos dias, mas que também tem uma origem que é uma evolução de um outro instrumento que era utilizado pelo o rei Davi. Pois é sabido que o rei Davi tocava harpa e o violino é uma evolução da harpa. Inclusive a própria sabedoria da Cabalá trata sobre esse assunto da evolução de acordo com as leis naturais que rege toda essa realidade que vivemos.
    Existe um significado místico do nome desse instrumento em que um grupo de letras que formam o nome do violino é ligado a vela de D’us. Então é ensinado através dos sábios que a vela de D’us é a alma do homem. Pois a alma do homem está sempre buscando a sua origem e através do trabalho espiritual aqui em baixo nesse grau físico o homem pode elevar a sua alma para os níveis mais elevados até o seu Criador.
    Em um outro ponto dessa aula, o nosso Mestre nos explica a respeito do nome do curso Or Hozer que significa Luz Refletida em que D’us o criador do universo através de Sua luz infinita que sustenta todo o universo e através de Sua Luz que desce até o nível mais material e retorna ao Criador. Assim como foi explicado para nós que a alma do homem é a vela de D’us, então existe uma luz que é a luz de D’us que sai para fora dele e assim foi com Adam quando ele foi criado, pois ele resplandecia a luz D’us.
    Agradeço pela sempre oportunidade, atenção e pelo direcionamento.
    Shalom e tudo de bom.

    Neemias Barreto

AVISO: COMENTÁRIOS NÃO SERÃO RESPONDIDOS

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s