VAYERÁ

PALAVRAS CHAVES: O sacrifício de Yitzchak, o Samech-Mem (“o anjo do mal”) acusou Avraham de ter trocado o sacrifício “original” por um animal, a própria Torá afirma que uma vez consagrado um animal não pode ser usado para outro fim, o Samech-Mem tentou fazer o tsadik Avraham a pecar no caminho dele cumprir a mitsvá que Hashem o ordenou, e o anjo do mal fez o mesmo com Yitzchak, a iêtser hará (“má inclinação”) surge sempre e com astúcia para atrapalhar nosso atos corretos, a iêtser hará está sempre tentando a pessoa para que ela se desvie, a Presença Divina somente habita aonde há alegria santificada, a importância de shalom báit (“paz no lar”), o desejo judaico é de sempre cumprir as mitsvót, a alma está exilada no corpo e tem grandes dificuldades: os desejos do corpo lutam contra ela, o grupo corajoso chamado de Bnei Nôach também têm desejo de cumprir as suas mitsvót, o processo de acusação celestial, como opera a auto-ilusão da pessoa, atrasos no cumprimento das mitsvót, a ilusão é um disfarce apra o ruim, cuidado com o ruim acidental, pecar significa se esquecer de D-us, o tsadik é aquele que não se desconecta de D-us, o perigo da oscilação entre o certo e o errado pode ser sanado.

tzedakah