PERIGOS DA YÔGA E DOS NOMES PROFANOS

O nome próprio de um “deus inferior” (ou seja, os nomes de todos os ídolos e de todas as entidades espirituais, etc.), sem qualquer exceção no mundo, por si só, já é uma força negativa que oculta a luz de D-us no mundo – uma “casca” espiritual (em Hebraico, klipah). Isto é assim, pois toda idolatria (através da adoração ou simples menção destes nomes) é um “portal” para a sitra achra, o lado negativo. E através do uso deste tipo de poder tão negativo, duas coisas ocorrem: o mundo é espiritualmente rebaixado e a força vital desta idolatria arrogante nutre e vitaliza também a própria pessoa que faz a idolatria, quem então recebe esta força vital como um fluxo que provém das várias câmaras espirituais da sitra achra.

Abordando assuntos inéditos na língua Portuguesa, o Rabino Avraham Chachamovits revela verdades espirituais da Torá conhecidas apenas pelos Rabinos mais tementes a D’us – mestres dos segredos recônditos da Torá há milhares de anos. Esta série de gravações traz ao foco os ensinamentos do livro “Darósh Darásh – 72 Perguntas e Respostas sobre Cabalá”, do Rabino Avraham Chachamovits, agora com um especial nível de vigor e brilho surgindo nas explicações ao vivo sobre a sua própria obra! Uma rara oportunidade de estudar com o único Rabino ortodoxo dedicado no Brasil a difusão casher da Torá mística – a ‘verdadeira e única’ Cabalá. Certamente uma série que ajudará a apressar a vinda do Mashiach, e que isso ocorra imediatamente, amém.

tzedakah